BNB

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Tarso Magno e Gledson Bezerra entram em rota de colisão na câmara

Tarso Magno quer correção na apresentação das contas. (Fotos: Flávio Pinto)

Mais um capítulo na relação já estremecida entre o presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, Gledson Bezerra e o até então amigo, vereador Tarso Magno. Insatisfeito com o forma, na qual, Gledson apresentou o balanço financeiro da câmara na sessão realizada ontem (7), Tarso Magno ameaça pedir a anulação do balanço para que sejam feitas o que ele considera ser correto. No entendimento de Tarso Magno faltou transparência e a divulgação dos números finais do rombo existente nos cofres da casa legislativa, hoje estimada em R$ 6 milhões. Ao apresentar os números Gledson o fez de forma simples e sem detalhes dos responsáveis.
Gledson Bezerra preside a câmara municipal de Juazeiro do Norte

Em sua defesa, Gledson afirmou à imprensa nesta quarta-feira (8), que não se trata de uma prestação de contas, pois como determina o Regimento Interno da Casa, cada presidente é responsável somente pelas despesas referente aos meses de sua gestão. Neste caso, o presidente alega ter feito apenas um balanço de como recebeu as finanças dos gestores passados. "Algumas dívidas são muito antigas e outras são mais recentes. Está tudo exposto no Portal da Transparência", defende-se Gledson.
Na verdade, os dois vereadores que por anos se destacaram atuando juntos na defesa dos interesses do município e, consequentemente da população de Juazeiro, estão agora em situações opostas.
Tarso ainda não digeriu a mudança de lado adotada por Gledson na eleição para a escolha da mesa diretora. De acordo com Tarso, Gledson estava no grupo de apoio a Darlan Lobo, mas mudou na última hora para ser indicado a presidente do grupo que naquela oportunidade se intitulava de oposição ao governo Arnon Bezerra.
Por sua vez, Gledson tem evitado o confronto e estende a mão ao colega, afirmando que trata-se de um grande parlamentar e que gostaria de contar com seu apoio.
Vereadores mais próximos de ambos, acreditam que a colisão deve ocorrer nas próximas sessões, pois Tarso estaria decidido a permanecer linha dura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário