BNB

sábado, 20 de maio de 2017

Fachin decide levar ao plenário do STF pedido de suspensão de inquérito de Temer

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato na corte, decidiu neste sábado (20) levar ao plenário do Supremo a análise da petição da defesa do presidente Michel Temer que pede a suspensão do inquérito aberto para investiga-lo por suspeita de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa.
A análise do pedido pelo plenário do STF deve ocorrer na quarta-feira (24). Na mesma decisão, Fachin determinou que a Polícia Federal faça uma perícia no áudio da conversa entre Temer e o dono da JBS, Joesley Batista.
A decisão atende em parte a petição da defesa de Temer, protocolada mais cedo neste sábado. A petição pede que Fachin suspenda o inquérito após reportagem do jornal "Folha de S. Paulo" informar, com base na opinião de peritos, que o audio da conversa entre Temer e Batista foi editado.