BNB

quarta-feira, 17 de maio de 2017

"Se for verdade atrapalha tudo", reconhece principal aliado de Cunha e Temer

Deputado Carlos Murum é aliado de Cunha.

Tão logo as denúncias foram publicadas pelo O Globo, um clima de inquietude se instalou nos corredores do Palácio do Planalto. Vários deputados que estavam reunidos para tratar de reforma da Previdência com o ministro Antonio Imbassahy ficaram na mão, à espera do ministro, que está reunido com o presidente Michel Temer.
"Se for verdade atrapalha tudo", disse o deputado Carlos Marun (PMDB-MT), presidente da comissão especial da reforma da Previdência.
No banheiro do quarto andar do Planalto, o deputado Pauderney Avelino, ex-líder do DEM na Câmara, disparou: "Puta que o pariu. Desgraça pouca é bobagem".
Filho do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, que está preso e é réu em diversos processos da Operação Lava-Jato, o deputado Marco Antonio Cabral (PMDB-RJ) preferiu não comentar a notícia: ""Pô, logo eu?- disse ao o Globo, antes de deixar o prédio do Planalto, também sem conseguir falar com o ministro Imbassahy.
(O Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário