BNB

quinta-feira, 18 de maio de 2017

STF afasta Aécio Neves do Senado e PGR pede a prisão do senador mineiro

O ministro do STF Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, determinou na manhã desta quinta-feira  (18) o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), do Senado. O afastamento foi pedido pela Procuradoria Geral da República (PGR), que também solicitou ao ministro Edson Fachin a prisão do senador, mas Fachin afirmou que cabe ao Pleno do STF analisar o pedido e não uma decisão monocrática (somente ele). Uma irmã de Aécio Neves teve o pedido de prisão decretado pelo ministro. Já o pedido de prisão do senador pode ser votado ainda hoje no Pleno.
Aécio foi pego em gravação cobrando propina de R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS. O dinheiro segundo o senador diz na gravação seria para pagar advogados que o defendem na Operação Lava Jato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário