BNB

domingo, 25 de junho de 2017

Lula, Camilo e Guimarães estão afinados politicamente


O recado vem de São Paulo e com imagem (foto) acima. "Pra quem fica especulando que o o governador Camilo Santana sai do PT, quebrou a cara. Juntos com Lula lá, e Camilo cá". A frase é do deputado José Guimarães, que esteve com o ex-presidente Lula e Camilo, em São Paulo, quando os três falaram sobre a conjuntura nacional, reforma política, eleitoral, e claro da conjuntura estadual. "Estamos muitos afinados politicamente"", define Guimarães.

Gerador vai amenizar falta d´água nas torneiras de Caririaçu


Com o fim da quadra invernosa no Ceará, começa a preocupação com a questão hídrica em todos os municípios cearenses. Em Caririaçu não é diferente. Há seis anos os reservatórios não recebem aporte suficiente garantir a segurança hídrica. Some-se a isso, as constantes quedas de energia elétrica, têm feito com algumas casas não sejam abastecidas.
Conhecedor da questão, o prefeito Edmilson Leite, já adotou a primeira providência para que as águas cheguem as torneiras dos caririaçuenses com maior fluidez,
Neste final de semana, foi instalado um gerador na parede do açude Manoel Balbino, popularmente por açude dos Carneiros, principal reservatório que abastece a cidade de Caririaçu.A equipe do Semae, comandada por Cícero Soares trabalha para não falte água.

Ely Aguiar lembra aos cratenses quem trouxe projeto da estátua de Nossa Senhora de Fátima

video

Sem citar nomes, mas se dizendo surpreso com o que ele classificou de "aparecimento de muitos padrinhos", o deputado estadual Ely Aguiar esteve neste final de semana no Crato, onde gravou vídeo sobre o andamento das obras no entorno do monumento de Nossa Senhora de Fátima.
Confira no vídeo acima.

Doleiro promete "acabar" com Temer

Antes de ser preso, Lúcio Funaro teve uma discussão com Antonio Mariz, seu então advogado e amigo de Michel Temer. Na ocasião, o doleiro disparou: “Se eu delatar, vou acabar com o seu chefe”. A ida à PF foi o início.
Mas Funaro ainda não fechou nada com a PGR. Palavras de um procurador familiarizado com o caso: “Ele é igual ao Eduardo Cunha. Vai e volta”.
Quem mais incentiva Funaro a delatar é o ex-senador Luiz Estevão. Eles são colegas inseparáveis nos corredores da Papuda, onde ambos residem.
(Coluna Radar - Veja)

Inaugurado aeroporto de Jericoacoara

Camilo desceu as escadas ao som de Wadonys

O Litoral Oeste cearense mira novas possibilidades para o turismo da região. Com a inauguração do Aeroporto Regional de Jericoacoara  Comandante Ariston Pessoa neste sábado (24), recebendo seu primeiro voo comercial, vindo de Congonhas, em São Paulo, o equipamento pode ampliar o número de turistas em, aproximadamente, 7% neste primeiro ano de funcionamento. Nos próximos três anos, é esperado que esse índice seja 20% maior, conforme aponta a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur).
O governador do Ceará, Camilo Santana, participou do primeiro voo que liga diretamente o estado paulistano a um dos destinos litorâneos mais procurados do Brasil e do mundo. O chefe do Executivo chegou ao aeroporto de Congonhas por voltas das 9 horas e foi recebido pelos presidentes da Gol e CVC, empresas que fretaram e comercializaram o voo inaugural, respectivamente. Durante embarque, Santana cumprimentou os passageiros ao som do forró do cantor cearense Waldonys, também presente no no Boeing 737-800. A aeronave veio com a capacidade total de 177 passageiros.
"É um marco histórico para a região. O aeroporto vai abrir as portas para oportunidades, empregos e qualificação de mão-de-obra local", afirmou o governador, após ser recepcionado no equipamento cearense por um grupo local de capoeiristas. "Foi uma viagem que envolveu uma série de sentimentos, de emoções. Foi um misto de entusiasmo e ansiedade. A alegria dos turistas, no avião, foi impressionante", comentou sobre o voo.
De acordo com o chefe do Executivo estadual, como Jericoacoara integra uma Área de Preservação Ambiental (APA), a ideia é que "se possa manter esse estilo, bonito, natural, do Parque Natural de Jericoacoara". "Por meio da comunidade local, do Ministério do Meio Ambiente, a ideia é que a gente construa, de forma sustentável, o turismo da região", argumentou.
Autoridades prestigiaram o voo inaugural

Também presente no voo e na cerimônia de inauguração, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, enfatizou a parceria do Governo do Ceará com o Governo Federal, e disse que parcerias como essa "são importantes e constroem". Quintella também citou a celeridade da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no processo de regularização do aeroporto, que já possui voos confirmados para julho. "Aqui em Jericoacoara, não tenho a menor dúvida de que o equipamento será motor para o desenvolvimento regional", resumiu. Segundo o ministro, outros aeroportos regionais serão viabilizados em locais mais isolados do País para "aproximar os brasileiros".
Para o secretário do Turismo, Arialdo Pinho, não será somente Jericoacoara que será beneficiada com o aeroporto. "Vamos expandir esse turimos para outras praias, como a de Almofala. Vamos trazer os turistas pra desenvolver essa região, já que a única entrada pra cá, antes em Fortaleza, é muito longe. Agora, será possível fazer a rota em menos tempo", comparou o titular da Setur.
Também de acordo com o secretário, um trabalho de pesquisa ambiental está sendo realizado em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para melhorar e controlar o acesso, o estacionamento, além da coleta de lixo, água e esgoto na localidade.
Além do voo semanal fretado pela CVC e operado pela Gol, que vem de Congonhas, a empresa aérea Azul iniciará, a partir de julho, a operação do voo Campinas/Jericoacoara (semanal) e do voo Recife/Jericoacoara (quatro vezes por semana). Voos regionais, como o de Fortaleza para a praia do Litoral Oeste cearense, por exemplo, serão operados até o fim deste ano.
 Com a soma dos voos, a projeção é de que a localidade aumente em 20% o número de turistas ao longo dos próximos três anos, chegando a receber 10 mil visitantes por mês. Anualmente, Jericoacoara recebe cerca de 600 mil visitantes.
Investimento
A obra, realizada pela Setur e pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER), teve investimento de R$ 90,4 milhões, sendo R$ 80 milhões do Governo do Ceará e R$ 14,4 milhões da Secretaria da Aviação Civil, do Governo Federal. Além do equipamento, a Setur e o DER pavimentaram a CE-182, estrada que leva à Praia do Preá e à Vila de Jericoacoara, com investimento da ordem de R$ 4,5 milhões, parte do Programa de Valorização da Infraestrutura Turística do Litoral Oeste (Proinftur).
(Governo do Ceará)

sábado, 24 de junho de 2017

Nota de Esclarecimento aos Santanenses

                                NOTA DE ESCLARECIMENTO

"Na qualidade de cidadão e de Advogado contrato pela Prefeita Danieli Machado, diante de recente decisão do Juiz Eleitoral titular da 53ª. Zona Eleitoral, em respeito aos santanenses cumpro o dever de esclarecer, de plano, que decisões desta natureza não implicam no afastamento imediato do cargo de Prefeita, cuja matéria será objeto, ainda, de discussão nas instâncias superiores, não modificando em nada a situação do exercício do cargo de Prefeita, assim como do Vice-Prefeito, que continuarão a trabalhar em prol do Município de Santana do Cariri.
0 processo que tramita na justiça será examinado pelo TRE, oportunidade em que deverá ser reconhecido pelos altaneiros integrantes daquela corte que a Prefeita Danieli Machado não praticou, não patrocinou e nem tirou proveito de qualquer ato ilícito ou irregular no curso da campanha que saiu vitoriosa pela supremacia da vontade popular.
As imputações contidas no processo são fundamentadas em meras conjecturas, dramas ardilosas, fruto de perseguição política. Sem qualquer adminículo de prova apta a comprovar os fatos ilusórios e fantasiosos ditos como ilícito eleitoral.
 A Prefeita Daniele Machado reafirma seu compromisso pessoal de honra e dignidade na vida pública, sua confiança na justiça dos homens e nos desígnios de Deus, e por isso mesmo exercerá, democraticamente, o direito de defesa em busca da verdadeira justiça.
Afirma a Prefeita Daniele Machado que lutará para que Santana do Cariri não retroceda do caminho de paz, trabalho e progresso".

Santana do Cariri, 24 de junho de 2017.

              Francisco Leopoldo Martins Filho
           Advogado da Prefeita Daniele Machado

Momento Histórico - Governador e Guimarães participam do voo inaugural São Paulo-Jericoacoara

Camilo e Guimarães comemoram inclusão do destino de Jericoacoara nos voos da lista da Infraero

Nesta manhã deste sábado (24), o governador Camilo Santana e o deputado federal José Guimarães entram na história da aviação no Ceará. Os dois, juntamente com dirigentes da Gol Linhas Aéreas embarcam em São Paulo para o voo inaugural com destino ao aeroporto de Jericoacoara, litoral oeste cearense, e uma das praias mais famosas do mundo.
O voo partirá de São Pauo com mais de 200 passageiros e fará escala em Recife, de onde seguirá para Jericoacoara. Na comitiva governamental fazem parte ainda os deputados Sérgio Aguiar, Tim Gomes, e Odorico Monteiro. A aeronave está prevista para desembarcar às 14 horas no aeroporto de Jericoacoara.
Comitiva da Gol embarcou dom governador e sua comitiva para Jericoacoara

Câmara aprova projeto que cria selo municipal para locais livres de foco da dengue em Juazeiro do Norte

O projeto é de indicação do vereador Claudionor Mota.

Um Projeto de Indicação do vereador Claudionor Motta que versa sobre a criação de um selo para ser usado pelo município de Juazeiro nas ações de combate à dengue foi aprovado por unanimidade na Sessão da Câmara deste dia 22 de junho.
Pelo Projeto serão criados três selos, um verde, um amarelo e um vermelho para indicar os locais que estiverem livre de foco da dengue, em alerta, ou forem encontrados indícios da presença do mosquito Aedes Aegipty, respectivamente. E os cidadãos que conseguirem o selo verde receberiam um desconto de 10% no IPTU.
 O Projeto é indicativo, pois onera o município, uma vez que prevê gastos com premiação para quem se destacar nas ações contra o mosquito. Portanto para que vire Lei e seja colocado em prática precisa que o Executivo o mande de volta como Projeto de Lei Municipal, para que os vereadores aprovem e o prefeito sancione.

Maioria dos brasileiros acredita que saída de Temer é melhor para o país, diz Datafolha


A intensa crise que atinge o governo de Michel Temer (PMDB) tem levado a maioria dos brasileiros a crer que a melhor alternativa é a saída do peemdebista. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha indica que a maior parte da população brasileira é contra a permanência de Temer na Presidência da República. O estudo foi realizado entre quarta (21) e sexta-feira (23).
De acordo com a Folha de S. Paulo, o levantamento registrou também um pico de impopularidade do presidente, que tem seu governo avaliado como ruim ou péssimo por 69% dos entrevistados.
Os entrevistados foram questionados sobre o que seria mais benéfico para o país, considerando a crise política e a recuperação da economia: se Temer saísse do cargo ou completasse o mandato (que vai até o final de 2018). Só 30% se disseram a favor de ele ficar na Presidência; 65% acham que sua saída é o melhor para o Brasil.
76% defendem uma possível renúncia do peemedebista. São contrários a essa iniciativa 20% dos entrevistados, e 4% não souberam responder.
Em um cenário em que Temer não renuncie, 81% são a favor da abertura de um processo de impeachment contra ele. A fatia dos que rejeitam a possibilidade é de 15% (4% não souberam responder).
Mas na possibilidade de Michel Temer realmente deixar o cargo, a maior parte dos brasileiros prefere que o novo presidente seja eleito pela população. A medida, que demanda mudanças na Constituição, é defendida por 83% dos entrevistados.
Somente 12% indicam que o melhor seria que o Congresso fizesse a escolha, na convocação de uma eleição indireta. 5% não souberam responder.
(Notícias a Minuto)

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Perícia da PF conclui que não houve edição nas gravações feitas pelo dono da JBS com Temer

Perícia da Polícia Federal concluiu que não houve edição nas gravações feitas pelo dono da JBS Joesley Batista. Segundo os peritos, há cerca de 200 interrupções no áudio em que Joesley aparece falando com o presidente Michel Temer, mas que elas estão relacionadas ao equipamento usado pelo empresário. O resultado do laudo já foi informado informalmente ao relator do inquérito no supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, informou o jornal O Globo.

Oficialmente, no entanto, o laudo só será entregue pela Polícia Federal ao Supremo na próxima semana. O material ainda será anexado à parte do inquérito que permanece na PF. Quando o delegado concluir a segunda parte da investigação, que trata do crime de obstrução à justiça, o material será remetido ao STF.
Na conversa, Batista fala sobre a compra de um procurador da República, a manipulação de dois juízes federais e o pagamento de propina ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e ao operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro. O suborno sistemático seria uma forma de impedir que os dois fizessem acordo de delação.
Batista diz ainda que, com o ex-ministro Geddel Vieira Lima fora de circulação, precisaria de um novo interlocutor. Temer indica o ex-assessor Rocha Loures. Batista pergunta, então, se poderia tratar de "tudo" com Loures. "Tudo" responde Temer.

Cheirou mal: Rodrigo Maia recebe envelope com fezes na Câmara


 Resultado de imagem para Rodrigo maia fezes


O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu em seu gabinete como parlamentar, localizado no Anexo IV da Casa, um envelope contendo detritos fecais, há cerca de dez dias. O caso do envelope com fezes está sendo investigado pela Polícia Legislativa da Câmara.
Segundo rumores, o próprio Maia contou a amigos sobre o envelope e pediu que o caso fosse investigado. A informação é que o envelope foi aberto por uma funcionária do gabinete.
Outros deputados teriam recebido envelopes semelhantes em seus gabinetes. Na ocorrência, a Polícia identificou um remetente falso e registrou o conteúdo como “fezes".
Segundo o G1, os policiais apuram de que agência dos Correios o envelope foi despachado e se é possível identificar o remetente. Eles buscam imagens de câmeras de segurança para identificar o suspeito.

Camilo inaugura neste sábado aeroporto de Jericoacoara

O governador Camilo Santana inaugura neste sábado (24) o Aeroporto Regional de Jericoacoara, que recebe seu primeiro voo comercial, vindo de Congonhas, São Paulo. A obra, realizada pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) e pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER), teve investimento de R$ 90,4 milhões, sendo R$ 80 milhões do Governo do Ceará e R$ 14,4 milhões da Secretaria da Aviação Civil, do Governo Federal.
Com o equipamento, a expectativa da Setur é que o número de turistas na região cresça aproximadamente 7% neste primeiro ano de funcionamento do aeroporto e chegue a ser 20% maior ao longo dos próximos três anos. “Essa nova etapa tem uma importância fundamental para o turismo do Litoral Oeste, alavancando a economia local, não apenas de Jericoacoara, mas de outras praias e destinos da região”, destaca o secretário do Turismo, Arialdo Pinho.
Além do voo semanal fretado pela CVC, operado pela GOL, que vem de Congonhas, a Azul inicia a partir de julho a operação do voo Campinas/Jericoacoara (semanal) e do voo Recife/Jericoacoara (quatro vezes por semana). “Estamos também trabalhando juntamente com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para melhorar e controlar acesso, estacionamento, coleta de lixo, água, esgoto, entre outras questões”, acrescenta o secretário.
Estão sendo feitos estudos para limitar o número de visitantes na vila e também um trabalho de manejo do lixo, com coleta seletiva e separação. Jericoacoara recebe anualmente cerca de 500 a 600 mil turistas. A expectativa é que, com o aeroporto, a princípio, haja um aumento de 3.500 turistas por mês. Ao longo de três anos, esse aumento deve chegar a 10 mil turistas por mês.
O Aeroporto Regional de Jericoacoara faz parte do Programa de Valorização da Infraestrutura Turística do Litoral Oeste (Proinftur). Tem pista de pouso de 2.200 x 45 metros, estacionamento de 1.200 m2 e capacidade para receber 600 mil passageiros por ano. Em paralelo à construção do equipamento, a Setur e o DER pavimentaram a CE-182, estrada que leva à praia do Preá e à Vila de Jericoacoara. A obra teve investimento de R$ 4,5 milhões e também faz parte do Proinftur.
(Governo do Ceará)

Em São Paulo, Guimarães e Lula traçam pauta sobre reforma política


Depois de passar por Brasília e Fortaleza nas últimas 48 horas, o deputado José Guimarães está em São Paulo, onde manteve encontro com o ex-presidente Lula. Juntamente com o colega Carlos Zaratini, líder do PT na Câmara dos Deputados, discutiram pauta sobre a conjuntura nacional e a necessidade da reforma política. Após o encontro, Guimarães anunciou que em breve Lula fará visita ao Ceará e ao Cariri.

Advogado acusado de matar cliente vai continuar preso

A Justiça cearense negou, nesta sexta-feira (23/06), liberdade para o advogado Victor Henrique da Silva Ferreira Gomes, acusado de matar o guarda municipal José Gonçalves Fonseca, em 6 de março deste ano. A decisão é da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), tendo como relator o desembargador Raimundo Nonato Silva Santos.
No voto, o magistrado explicou que o órgão julgador “adota o entendimento de que a periculosidade do agente, extraída das circunstâncias do crime e do modus operandi, autoriza a manutenção da prisão preventiva”.
Segundo o processo, Victor Henrique está preso desde o último dia 23 de março. Ele foi denunciado pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) pelo homicídio qualificado do guarda municipal, por motivo torpe, com emprego de veneno, mediante recurso que dificultou a defesa do ofendido e para assegurar vantagem de outro crime.
Para requerer a liberdade dele, a defesa alegou que o advogado não oferece riscos à ordem pública e à instrução criminal. Pediu a aplicação de medidas cautelares diversas da prisão, ressaltando o caráter subsidiário e excepcional do cárcere. Ao final, requereu o reconhecimento do suposto constrangimento ilegal ao qual o acusado estaria sendo submetido.
Em parecer, o MPCE opinou pela denegação do pedido, que foi acatado pelo colegiado da 3ª Câmara Criminal. “Percebe-se, pois, que o modus operandi supostamente perpetrado pelo paciente [acusado] denota a periculosidade e a dissimulação de sua conduta, teria abusado da confiança dispensada pela vítima e pela sua família para cometer os delitos ora apurados e tentar esconder de todos a verdade de seus atos”, afirmou o relator.
Ainda segundo o desembargador, “há fundadas razões para acreditar que o paciente colocaria obstáculos à consecução da verdade real, pois o mesmo tentou induzir a investigação a erro, relatando à autoridade policial uma narrativa falsa, na qual direcionou as suspeitas pelo cometimento dos referidos crimes às pessoas que estavam negociando a compra e venda de um imóvel com a vítima”.
O CASO
O guarda municipal, José Gonçalves Fonseca, desapareceu no dia 6 de março quanto tentava efetuar a compra de imóvel, objeto de inventário, no valor de R$ 365 mil. Ele teria pago R$ 100 mil à vista e assumido o compromisso de pagar o restante quando o imóvel estivesse livre para venda.
Como o inventário teria demorado mais que o previsto, José Gonçalves decidiu contratar os serviços advocatícios de Victor Henrique, casado com sua sobrinha. Por orientação do advogado, a vítima depositou R$ 265 mil na conta pessoal do profissional, com a promessa de que utilizaria o valor para resolver todos os entraves burocráticos à consumação da compra e venda do imóvel, incluindo o restante do pagamento ao vendedor.
Com o passar do tempo, o advogado passou a ser cobrado pela vítima para que pagasse os tributos necessários à compra do bem, o que gerou atrito entre ambos. No dia do desaparecimento, eles saíram para fechar o negócio, mas antes passaram na casa da avó do profissional, onde ele teria guardado R$ 120 mil.
Desde então, o guarda municipal não foi mais visto, tendo sido encontrado dois dias depois em um matagal na Cidade Fortal, em Fortaleza. Laudo de exame cadavérico constatou que ele foi morto envenenado.
(TJCE)

Conselho de Ética - Senador arquiva pedido de cassação de Aécio Neves

Senador Aécio Neves

Presidente do Conselho de Ética do Senado, o senador João Alberto Souza (PMDB-MA), decidiu arquivar o pedido de cassação contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) por quebra de decoro parlamentar. O pedido foi apresentado no último dia 19 pelos partidos oposicionistas Rede e PSOL, depois que Aécio foi citado nas delações premiadas de executivos do Grupo J&F. Ligado ao grupo político do ex-presidente José Sarney (PMDB), João Alberto alegou falta de provas ao negar a abertura do processo.
De acordo com o senador, os membros do conselho têm até dois dias úteis para recorrer de sua decisão, contanto que o recurso reúna pelo menos cinco membros do colegiado.
O mineiro está afastado do mandato desde o dia 18 de maio, por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator do acordo dos executivos da empresa firmado com a Procuradoria-Geral da República.
Aécio foi gravado pelo dono do Grupo J&F, Joesley Batista, pedindo ao empresário 2 milhões de reais para supostamente custear os honorários de seu advogado, Alberto Zacharias Toron, na Operação Lava Jato. A Polícia Federal filmou três entregas de 500.000 reais a Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio Neves encarregado por ele de recolher os valores combinados com o delator.
O tucano foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelos crime de corrupção passiva e obstrução de Justiça. Se a Primeira Turma do STF, à qual pertence o relator do inquérito contra o tucano, ministro Marco Aurélio Mello, aceitar a denúncia da PGR, Aécio se tornará réu e será levado a julgamento. Além dele, também foram denunciados Pacheco de Medeiros, a jornalista Andrea Neves e o ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Mendherson Souza Lima.
A Primeira Turma do Supremo ainda definirá sobre a prisão preventiva de Aécio pedida por Janot e também a respeito do recurso da defesa do senador afastado que pede seu retorno ao mandato parlamentar.
Ontem, a pedido de Janot, Marco Aurélio autorizou a abertura de um segundo inquérito contra Aécio Neves, em que ele será investigado por lavagem de dinheiro no recebimento de dinheiro da JBS por meio de notas frias.
(Veja Online)

Jato que transportava ministro Gilmar Mendes sofre pane no ar e volta a Brasília

Uma aeronave que transportava o ministro do STF Gilmar Mendes e sua comitiva sofreu uma falha técnica no ar e precisou retornar ao aeroporto de origem, em Brasília, na noite desta quinta-feira (22).
A aeronave tinha como destino Belém (PA), onde o ministro visitaria o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará.
Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), o jato modelo Learjet 35 decolou por volta das 18h45. Assim que a pane foi percebida, os pilotos realizaram procedimentos previstos em manual, mas, por se tratar de voo noturno e com passageiros, o que torna os requisitos de segurança mais rígidos, optaram por voltar à capital federal.
O avião da FAB retornou à Brasília e pousou na base aérea cerca de uma hora depois da decolagem, às 19h45. Segundo a Força Aérea, “em nenhum momento, a segurança da tripulação e dos passageiros foi comprometida”.

Guimarães emplaca aliada no Agropolos

Ana Tereza faz parte do grupo de Guimarães no PT

Aliada política do deputado federal José Guimarães (PT), a ex-prefeita de Jaguaruana, Ana Tereza, vai assumir nesta segunda-feira (26), a direção do Instituto Agropolos, a máquina poderosa ligada aos órgãos que lidam com o campo como Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Ematerce, IDACE, secretaria da Pesca e ADAGRI. O Agropolos também é farto em dinheiro, por não precisar da burocracia governamental é uma organização social que funciona.
Ana Teresa será candidata a deputada estadual em 2018. O Agropolos é um bom lugar para quem tem planos eleitorais. O ex-presidente do Agropolos, o técnico Maximiliano Quintino vai ser diretor financeiro da Ematerce.

Polícia Federal conclui perícia do áudio da conversa entre Joesley e Temer


A Polícia Federal concluiu nesta sexta-feira o laudo da perícia das conversas gravadas secretamente pelo dono da JBS, Joesley Batista, em um encontro não oficial que ele teve com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, no dia 7 de março, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. O resultado da análise deve ser encaminhada ainda hoje ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte.
O laudo era a parte que faltava ao inquérito parcial enviado na última segunda-feira. Apesar de o relatório não estar completo, a PF entendeu que já há indícios de materialidade da prática de corrupção passiva pelo presidente e seu ex-assessor e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que está preso em Brasília. “Resultam incólumes as evidências que emanam do conjunto informativo formado nestes autos, a indicar, com vigor, a prática de corrupção passiva”, escreveu a PF.
O controverso diálogo foi entregue por Joesley como prova do que ele relatou na delação premiada firmada com a Procuradoria-Geral da República e homologada pelo STF. O acordo gerou a investigação contra Temer por corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa, e garantiu ao empresário o perdão por todos os crimes confessados até aquele momento.
No áudio, Joesley fala sobre iniciativas que estaria tomando em relação ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso em Curitiba desde outubro de 2016 e já foi condenado a 15 anos de prisão pelo juiz Sergio Moro. O executivo diz que havia “zerado as pendências” e que estava “de bem” com Cunha. Temer, então, responde: “É, tem que manter isso, viu?”.
Em declaração à PGR, o delator interpretou a frase como um sinal verde do presidente para que ele continuasse pagando o ex-parlamentar com o objetivo de evitar que ele colaborasse com a Justiça em uma eventual delação premiada. Temer negou essas acusações e contestou a integridade do áudio, que tem diversos trechos inaudíveis. Cunha afirmou que o seu silêncio nunca esteve à venda.
A perícia no áudio foi pedida a Fachin pela defesa de Temer e aceita pela procuradoria. Os advogados do peemedebista também contrataram o perito Ricardo Molina, que avaliou a gravação e concluiu não ser possível assegurar a sua autenticidade. “Não dá para dizer que é edição. Tem alguma falha sistêmica neste gravador. A questão é: dá pra garantir que é autêntica? Não”.
O inquérito irá basear a denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentará contra Temer. Se ela de fato ocorrer, o processo só seguirá adiante no STF se for aprovado por 342 dos 513 deputados. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já afirmou que está disposto a suspender o recesso parlamentar de julho para analisar a acusação. A expectativa hoje é que Temer tem forças para barrá-la no Legislativo.
(Veja Online)

Raimundão vai disputar vaga de deputado estadual e fazer dobradinha com filho ou sobrinho de Eunício no Cariri

Atualmente Raimundão divide o tempo entre Juazeiro e Aurora

O ex-prefeito de Juazeiro do Norte Raimundo Macedo já decidiu. Não quer sair do Ceará. Para isso desistiu de sua pré-candidatura a deputado federal para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa nas Eleições de 2018.
Raimundão acertou com o senador Eunício Oliveira, que deverá fazer dobradinha no Cariri com Rodrigo Oliveira, filho de Eunício ou deputado estadual Daniel Oliveira, este último sobrinho do senador presidente do Congresso Nacional.
Caso Rodrigo não dispute vaga na Câmara Federal, a vaga para federal peemedebista ficará Daniel Oliveira, que tem o Cariri como base eleitoral, mais precisamente o município de Lavras da Mangabeira, que agora é administrado por seu primo e médico Ildsser Oliveira.
No entanto, Raimundão só definirá oficialmente sua pré-candidatura no início do próximo ano. Porém, já adiantou reiteradas vezes a esse blog, que caso desista, indicará o filho Davi Macedo para substituí-lo. Raimundão tem trabalhado seis dias por semana realizando consultas médicas em Aurora e em sua residência em Juazeiro do Norte e segue a premissa de que médico não tem tempo, não tem dia e nem hora para atender pacientes.

MEC autoriza abertura de 50 novos cursos de graduação

O Ministério da Educação autorizou, na última terça-feira (20), a abertura de 50 novos cursos de graduação. Os cursos autorizados são para cidades dos estados de São Paulo, Goiás, Paraná, Mato Grosso, Bahia, Ceará e no Distrito Federal. As novas vagas são para graduação em engenharia, educação física, letras, nutrição, administração e pedagogia. Também há cursos tecnológicos como design de interiores, logística, gestão de segurança e redes de computadores. O número de vagas varia conforme o curso.

Temer é repreendido na Noruega pela corrupção no Brasil

A  primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg cobrou fim da corrupção no Brasil

O presidente Michel Temer foi colocado em uma saia justa nesta sexta-feira (23) durante encontro oficial com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, em Oslo. A premiê teceu duras críticas sobre a corrupção no país e repreendeu o Brasil pelo aumento do desmatamento das florestas tropicais, durante entrevista conjunta após a reunião. Solberg ainda anunciou que seu governo irá reduzir o investimento no fundo de proteção da floresta Amazônica.
“Estamos preocupados com a Lava Jato. É preciso fazer uma limpeza e encontrar uma solução”, afirmou Solberg a jornalistas, ao lado de Temer. Segundo ela, o Brasil vive uma época de “desafios” e “turbulência”. Atualmente, a Noruega também investiga empresas que teriam pagado propina a ex-diretores da Petrobras e executivos que manteriam contas no exterior.
Temer, desconcertado com as críticas da premier, se confundiu ao tomar a palavra para seu discurso. Em vez de anunciar sua visita ao Parlamento norueguês e seu encontro com o rei do país, o peemedebista disse que iria ao “Parlamento brasileiro” e falaria com o “rei da Suécia”. Mesmo com os comentários de Solberg, porém, Temer tentou convencer a Noruega de que o Brasil não passa por uma crise. “As instituições funcionam com regularidade extraordinária e liberdade”, afirmou. “A democracia é algo plantado formalmente pela Constituição e praticada na realidade”.
(Veja)

Camilo, Guimarães e senadora Gleisi Hoffamann empossam novos diregentes petistas no Ceará

Senadora Gleisi Hoffmann atendeu convite de Guimarães para vir ao Ceará

O governador Camilo Santana, ao lado do deputado federal José Guimarães e da presidente nacional do PT, senador Gleisi Hoffmann, prestigiaram a posso dos novos dirigentes do Partido dos Trabalhadores no Ceará. Di Assis Diniz foi reconduzido à presidência do diretório estadual, em cerimônia realizada ontem (quinta-feira, 22), em Fortaleza. Na oportunidade, o governador Camilo Santana disse que vai se encontrar nesta sexta (23), com o ex-presidente Lula e tratar sobre eleições 2018.
O deputado federal José Guimarães classificou o ato da posse dos diretórios do PT como grande momento político para o partido no Ceará. Também foram empossados os diretórios de Fortaleza e de municípios da Região Metropolitana. O ato também foi prestigiado pelo líder do PT na Câmara dos Deputados, Carlos Zaratini, deputados estaduais e vereadores do partido no Ceará.

PSD expulsa deputado Osmar Baquit


O PSD nacional  decretou a expulsão do deputado estadual Osmar Baquit (foto) do quadro do partido por atuar “politicamente em desobediência” aos interesses da sigla.
Osmar Baquit votou a favor da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), mesmo após o PSD fechar questão contra a PEC 07/2017. A decisão atendeu ao pedido da Comissão Executiva Estadual da legenda, que deve se reunir na próxima segunda-feira (26) para decidir sobre o pedido do mandato de Osmar na Assembleia Legislativa.

PIs/Pasep será liberado na próxima semana para quem assinou carteira em 2015

Quem trabalhou com a carteira assinada em 2015 pode ter direito a receber um dinheiro extra este ano: termina na sexta-feira (30) da semana que vem o prazo para saque do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), relativo ao ano-base 2015. O valor pode chegar a R$ 937, patamar atual do salário-mínimo.
Têm direito ao abono os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
Até 31 de maio, 1,83 milhão de trabalhadores ainda não haviam sacado o abono, o equivalente a 7,56% do total com direito ao saque. Segundo o Ministério do Trabalho, este é o balanço mais recente disponível. Passado o prazo para o saque, os valores não requeridos são destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
O valor a que o trabalhador tem direito pode variar de R$ 78 a R$ 937, dependendo de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2015. O abono PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e o Pasep pelo Banco do Brasil. O primeiro destina-se a trabalhadores do setor privado e o segundo a servidores públicos.
Para sacar o PIS, o trabalhador que tiver Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode receber o valor em uma agência da Caixa apresentando documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0227.
Os servidores públicos com direito ao Pasep devem verificar se houve depósito em conta. Caso isso não ocorra, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo número 0800 729 0001.
(Agência Brasil)

STF abre novo inquérito contra Aécio Neves, por lavagem de dinheiro

Senador Aécio Neves

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello decidiu ontem (quinta-feira,22) abrir um novo inquérito para investigar o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) pelo crime de lavagem de dinheiro. O pedido de abertura foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a partir das delações premiadas de executivos da JBS. O tucano já é alvo de denúncia por corrupção passiva e obstrução de Justiça no STF, sob análise de Marco Aurélio.
Quando pediu o novo inquérito, a PGR apontou necessidade de investigar três pontos: “o pagamento de propina da ordem de mais de 60 milhões de reais feito em 2014 ao parlamentar por meio da emissão de notas fiscais frias a diversas empresas indicadas por ele”, o pagamento a diversos partidos para apoiarem a candidatura à Presidência da República em 2014, e “o pagamento de dinheiro em espécie feito diretamente a Frederico Pacheco de Medeiros, primo do Senador e por este indicado para receber os valores”.
Janot também diz que Aécio Neves, depois de passada a campanha eleitoral de 2014, procurou Joesley Batista pedindo recursos financeiros, e o delator teria concordado em comprar um imóvel superfaturado em Belo Horizonte por 17 milhões de reais por uma pessoa indicada por Aécio, a fim de que o dinheiro chegasse ao senador afastado.
O diretor de relações institucionais da empresa, Ricardo Saud, disse à PGR em seu acordo de delação premiada que o senador afastado recebeu o dinheiro na campanha de 2014 em troca da resolução de problemas da JBS em Minas Gerais, então governado pelo senador tucano Antonio Anastasia (PSDB). “Se ele ganhasse o governo ele ia pagar a gente em forma de benefício”, disse o delator.
Segundo Saud, parte do valor, 13,5 milhões de reais, foi paga à PVR, empresa de Paulo Vasconcelos, marqueteiro da campanha do tucano, e 6 milhões de reais a uma empresa do instituto de pesquisas Sensus. De acordo com o delator, as duas empresas, ambas fornecedoras da campanha de Aécio, firmaram contratos fictícios com a JBS para justificar o recebimento dos valores. Ele também relatou a “compra” de partidos à campanha presidencial do tucano, como o PTB e o Solidariedade.
No outro inquérito aberto contra Aécio Neves no STF a partir dos delatores do Grupo J&F, ele é acusado de solicitar e receber 2 milhões de reais do empresário Joesley, dono do grupo. As entregas do dinheiro, feitas a Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, foram filmadas pela Polícia Federal. Além do senador afastado e Pacheco de Medeiros, também foram denunciados a irmã do tucano, a jornalista Andrea Neves, e o ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Mendherson Souza Lima.
(Veja)

Capitão Vieira quer a câmara municipal discutindo a segurança pública de Juazeiro com SSPDS, em Fortaleza

Capitão Vieira apresentou números da violência em Juazeiro

Uma Comissão de vereadores deve ir a Fortaleza para convidar deputados, e representantes da cúpula da Segurança do Estado para participarem de uma Audiência Pública que será realizada na Câmara de Juazeiro, a fim de discutir e propor soluções para o combate a violência.
A sugestão da realização da Audiência foi do vereador Capitão Vieira que usou a Tribuna da Casa para demonstrar sua preocupação com a situação. Vieira apresentou alguns números de apreensão da Polícia Militar e ressaltou que a maioria dos casos de violência está relacionado com as drogas. Para o vereador o combate precisa ser mais atuante.
Vieira apresentou os números do Batalhão da Polícia Militar de Juazeiro, mostrando que são apenas oito viaturas, sendo que somente cinco em boas condições, apontando que por isso várias ocorrências comunicadas não são atendidas. Mesmo com a deficiência, a PM fez apreensão de 72 quilos de maconha e de 12 quilos de cocaína nos últimos meses. Além de 79 armas de fogo apreendidas, e 138 veículos furtados ou roubados foram recuperado. A polícia trabalha, diz Vieira, mas as condições não são boas e o efetivo é insuficiente, completa.
Capitão Vieira diz que o combate à criminalidade é política de governo e é necessário que se cobre respostas da Cúpula da segurança. Os vereadores Damian Calu, e Demontier Agra concordaram que é preciso procurar o Comando Geral e se dispuseram a participar da Comissão que vai a Fortaleza. Assim como a vereadora Rita Monteiro e o Presidente da Câmara, Glêdson Bezerra.
A Audiência, ainda sem data marcada, pretende reunir em Juazeiro o Secretário de Segurança do Estado, o Delegado Geral da Polícia Civil, o Comandante Geral da Polícia Militar, o Ministério Público, prefeito, os vereadores e a sociedade para discutir melhorias na Segurança.
(Assessoria Câmara)

Prefeito do Crato acompanha de perto o andamento das obras do Novo Camelódromo

O prefeito do Crato Zé Ailton Brasil realizou na manhã de ontem Visita para acompanhar o andamento das obras do Camelódromo.  Participaram dessa supervisão o Coordenador Especial de Projetos Estruturantes Zé Muniz, Carlos Eduardo, Secretário de Finanças e Planejamento e o Secretário adjunto da Casa Civil Quintino Vieira. A expectativa é que a obra seja concluída ainda este ano.
O novo camelódromo contemplará espaços e serviços que garantirá conforto e segurança para os usuários. A nova estrutura contará com acessibilidade na edificação, instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias e pluviais, e sistema de som e controle

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Fachin envia inquérito contra Temer à PGR

Ministro Edson Fachin

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), tornou disponível nesta quinta-feira, 22, uma cópia digital dos autos do inquérito aberto contra o presidente Michel Temer para a Procuradoria-Geral da República o que, na prática, abre um prazo de cinco dias para que o órgão apresente a denúncia contra o peemedebista.
O ministro também pediu para que a Polícia Federal remeta, “tão logo ultimados”, o relatório final sobre o caso e a perícia feita da gravação da conversa entre Temer e o empresário Joesley Batista, do Grupo J&F. A PF havia pedido um prazo extra de cinco dias para concluir as investigações.
Para economizar tempo, Fachin determinou ainda que, assim que a PF enviar os documentos faltantes, o conteúdo deverá ser automaticamente remetido ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Como a PF já enviou o relatório parcial do inquérito em que aponta elementos sobre corrupção passiva, a PGR analisa fatiar a denúncia e enviar primeiro ao STF a parte relacionada ao suposto pagamento de propina a Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer.
Além de corrupção passiva, o inquérito contra o presidente também investiga os crimes de obstrução de Justiça e formação de organização criminosa.
Se houver a apresentação de denúncia, o caso terá de ser analisado pela Câmara dos Deputados. O processo só terá seguimento no STF se for aprovado por 342 dos 513 deputados. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já afirmou que está disposto a suspender o recesso parlamentar de julho para analisar a denúncia. A expectativa hoje é de que Temer teria força para barrar o processo no Legislativo.
(Estadão)

Geoplan que nada! Conheça a caçamba-escada Magirus, a solução para iluminação pública de Juazeiro

E a prefeitura de Juazeiro do Norte resolveu inovar mesmo neste São Joáo. Primeiro foi a mudança do nome de Juaforró para São João de Juazeiro. E agora, apresenta um novo equipamento que promete solucionar a problemática da iluminação pública da cidade: a nova caçamba-escada Magirus, que fez sua estreia nesta quinta no Parque de Eventos Padre Cícero.
Já tem gente saudosa, pedindo perdão a Geoplan.
Confira clicando no vídeo.
video


Ceará é destaque na redução do analfabetismo


Professores e alunos das 265 escolas públicas do Estado que mais se destacaram em 2016 receberam, na manhã desta quinta-feira (22), no Centro de Eventos do Ceará, o Prêmio Escola Nota Dez. O governador Camilo Santana, acompanhado da vice-governadora Izolda Cela e do secretário da Educação, Idilvan Alencar, entregou as premiações para unidades educacionais de 180 municípios do Estado. O prêmio faz parte do Programa de Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic), que reduziu de 32% para 0,7% o índice de crianças não alfabetizadas na idade certa nestes 10 anos de execução.
 O governador Camilo Santana destacou a pactuação coletiva e o empenho de gestores, professores e alunos para que a rede estadual cearense seja hoje uma referência de educação no Brasil.
 "Esse é o resultado de um esforço coletivo e pactuado entre Estado, municípios, professores e alunos e, em 10 anos, o Ceará saiu de 32% para 0,7% de crianças não alfabetizadas na idade certa. O Estado investe algo em torno de R$ 60 milhões por ano, com premiação, com programas, material didático. O resultado é que hoje o Ceará é referência nacional em educação, graças a uma política de Estado continuada. Para nós é uma alegria muito grande ter hoje as melhores escolas públicas do País", comemorou o chefe do Executivo estadual.
 Mais Paic
 O Governo do Ceará transformou o Programa de Aprendizagem na Idade Certa em política pública prioritária em 2007, com o objetivo de contribuir para a estruturação por parte Ministério da Educação do Pacto Nacional Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). No início, eram avaliados alunos do 2º ano. Em 2011, a Seduc expandiu as ações para o 5º ano, através do Paic+5, visando a uma formação continuada. Em 2015, foi lançado o Mais Paic, ampliando o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano, passou a atender também do 6º o 9º ano nas escolas públicas cearenses.
 Ao todo, o Mais Paic recebe investimento de R$ 43 milhões do Governo do Ceará, por meio da Seduc, sendo R$ 22,5 milhões distribuídos em premiação para as melhores escolas; R$ 7 milhões para a realização da avaliação; R$ 7 milhões para aquisição de material didático; R$ 5 milhões em bolsas; e R$ 1,5 milhão em apoio logístico para a execução das formações.
(Governo do Ceará)

Maioria do STF confirma validade das delações da JBS e Fachin como relator


Com o voto do ministro Dias Toffoli, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) alcançou maioria de 6 votos a zero em favor da validade dos acordos de delação premiada da empresa JBS, homologados em maio pelo ministro Edson Fachin, bem como da manutenção dele como relator do caso. Restam os votos de cinco ministros.
O plenário, em sua maioria, entendeu que a validade legal de qualquer acordo de delação premiada não pode ser revista, uma vez que tal legalidade for atestada pelo ministro relator, no caso, Edson Fachin.
Durante uma sessão tensa de debates, ficou entendido também que a competência para homologar os acordos cabe somente ao relator do caso, e não ao colegiado do STF, seja plenário ou uma das turmas.
No momento da homologação, os ministros concordaram que não cabe ao relator julgar se os termos do acordo de delação são justos ou não, mas somente analisar se as cláusulas estão de acordo com a lei e se o delator deu as declarações de forma voluntária, sem ser coagido.
Fica a cargo do colegiado, plenário ou turma, analisar, posteriormente, a eficácia dos termos do acordo, ou seja, julgar se foram obtidos os resultados prometidos pelo delator, podendo-se assim, no momento da análise de mérito do caso, rever seus benefícios se as promessas não forem cumpridas.
Votaram nesse sentido o relator, Edson Fachin, e os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Dias Toffoli. Restam os votos de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Celso de Mello e da presidente, Cármen Lúcia.
“A partir do momento em que o Estado homologue a colaboração premiada, atestando a sua validade, ela só poderá ser descumprida se o colaborador não honrar aquilo que se obrigou a fazer. Porque, do contrário, nós desmoralizaríamos o instituto da colaboração premiada e daríamos chancela para que o Estado pudesse se comportar de uma forma desleal, beneficiando-se das informações e não cumprido sua parte do ajustado”, disse Barroso.
O julgamento foi motivado por questionamentos sobre a legalidade dos acordos da JBS feitos pela defesa do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, um dos citados nos depoimentos dos executivos da empresa.
A defesa de Azambuja contestou a remessa do processo a Fachin, alegando que os fatos narrados pelos delatores não têm relação com os crimes investigados na Lava Jato, e também a extensão dos benefícios concedidos aos delatores.
No acordo com os executivos da JBS, o Ministério Público Federal (MPF) se comprometeu a não apresentar denúncia contra os delatores, em troca de informações que efetivamente incriminem políticos envolvidos em casos de corrupção.
"Duvido piamente que o Ministério Público tenha feito um bom negócio penal", disse o ministro Marco Aurélio Mello, indicando que, ao votar, se posicionará de maneira diversa da maioria.
(Agência Brasil)