BNB

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Resumo da sessão da Câmara Municipal do Crato desta segunda-feira


No Pequeno Expediente o vereador Roberto Anastácio (Podemos) solicitou que o secretário de Saúde do Crato, André Barreto, envie informações à Câmara Municipal sobre o que a Secretaria de Saúde precisa para se evitar as filas de espera por atendimentos médicos.
O vereador Jales Velloso (PSB) relatou ter visitado comunidade da Zona Rural do Crato, onde constatou “uma epidemia de dengue e chikungunya”. O parlamentar pediu providências da secretaria de Saúde para a localidade.
Ele também solicitou local alternativo para a feira de animais realizada semanalmente na comunidade do Gesso, voltou a comentar sobre a taxa de iluminação pública e acerca das estradas da Zona Rural.
Pedro Lobo (PT) citou a participação de membro do PT de Crato em Congresso do partido em Brasília que elegeu a senadora Gleisi Hoffman como nova presidente da legenda. Conforme destacou o vereador, a ida da integrante ao congresso foi custeada pelo partido.
Renan Almeida (PEN) parabenizou o professor José Edson pela ação social que desenvolveu na escola de que é diretor. O parlamentar ressaltou as ações que a Secretaria de Saúde do Crato tem desenvolvido para combate aos mosquitos transmissores de arboviroses, nos bairros e na zona rural.
Adil Sampaio (PSC) Complementou a fala de Jales Velloso sobre as estradas da zona rural ao afirmar que muitas delas encontram-se em péssimo estado e precisam ser recuperadas.
No Grande Expediente o vereador Amadeu de Freitas (PT) comentou sobre o planejamento municipal. “Estamos vivendo o momento do ciclo orçamentário”, afirma o vereador. “Votamos esse ano, até o final de junho, a Lei de Diretrizes Orçamentárias que orienta a elaboração do orçamento anual, este que votaremos no segundo semestre, até o final do exercício”.
Também será votado o Plano Plurianual que estabelece as metas e os grandes projetos do governo municipal para os próximos quatro anos, de 2018 a 2021. Todo este planejamento será discutido em Audiência Pública no dia 13 de junho às 9 horas, no Plenário da Câmara.
O vereador ainda ressaltou a participação da sociedade cratense, em seus diversos setores, nas discussões. “É um momento importante de a sociedade participar, não só os vereadores, porque o orçamento também tem que refletir o interesse da população”.
A Câmara Municipal do Crato volta a se reunir em Sessão Ordinária na manhã desta terça-feira, 6. As atividades estão agendadas para começar no horário regimental, a partir das 9 horas.